Posts Tagged ‘frango’

h1

Como variar o frango grelhado de cada dia….

outubro 28, 2008

Não sei se como eu, vocês também praticam a dieta do frango grelhado dia sim dia não, e se o fazem, tenho aqui uma boa pedida para variar e incremetar o penoso! É uma versão de molho teriyaki que aprendi com minha mãe.

É super fácil de fazer.

O molho leva 1/2 xícara de suco puro de abacaxi docinho (sem açúcar), 2 colheres de sopa de shoyo e outras 2 de azeite. Numa tijela, mistura tudo bem direitinho e, na seqüência, coloca sobre o peito de frango já grelhado. Eu gosto do filé de peito alto, que dá para fazer a partir do peito desossado ( 1 peito pequeno ou médio rende 2 porções). Antes de comer, dá uma leve esquentada nos 2 juntos. Salpicar um pouco de gergelim também é legal.

Último detalhe: esta quantidade de molho dá para mais de um peito!

Beijos

Sandra

h1

Domingão, vontade de ficar em casa, futebol na TV, cerveja gelada e um belo rango!

setembro 2, 2007

tv-de-cachorro.jpg

 

O FRANGO ASSADO

TV de cachorro é o melhor, mas pode ser o famoso “galeto fuligem” também. Leve para casa um franguinho bem gordo e ainda meio cru. Na verdade queremos terminar de assar ele lá.

Soque, num pilão, alho, sal grosso, pimenta do reino e semente de coentro e esfregue bem o danado com a mistura.

AS BATATINHAS

Escolha batatinhas inglesas pequeninas e bem redondinhas. Lave bem e enxugue.

Para assar, pense num lance tipo uma grelha sobre um tabuleiro. Na grelha você coloca o frango e no tabuleiro as batatas.

Ponha no forno para assar, de modo que a grelha deixe escorrer a gordura do frango para onde estão as batatinhas.

O espírito da coisa é que elas vão assar regadas por esta gordura impreguinada do tempero. Fica alucinante!

A SALADA

O abacate é aquele “de vez”, sabe? Já maduro, porém ainda bem firme, assim como este que vos escreve.

O palmito eu recomendo o de açaí. Um vidro deste de supermercado. Não economize!

O segredo desta salada é a delicadeza. E uma faca bem afiada. Coisas que se complementam. Naturalmente.

Corte o abacate ao meio longitudinalmente e depois cada metade de novo no mesmo sentido. Você terá então 4 gomos e o melhor momento para retirar a casca do bicho. Normalmente a casca se solta facilmente e a polpa fica inteirinha. Corte todo o abacate em fatias da largura do seu dedo indicador e arrume numa travessa de forma que elas não se sobreponham muito. Não pode amontoar tudo.

Lembre que você já deixou o palmito escorrendo numa peneira enquanto trabalhava no abacate. Agora pegue cada pedaço e parta ao meio no sentido transversal e de novo, desta vez diagonalmente. Cada pedaço que vem no vidro vira 4, todos eles com um lado reto e outro chanfrado. Arrume na travessa todos “em pezinho” com o chanfro para cima, lógico!

Polvilhe tudo com sal fino sem exagerar e reserve um pouco. Enquanto isto, esprema um limão em uma cumbuca boa para bater com garfo e vá adicionando o melhor azeite disponível em fio e sem parar de bater. É lindo! Isto vira uma emulsão cheirosa e gostosa que vai regar a salada e fazer as papilas gustativas se excitarem.

FINAL

Dependendo da companhia talvez vocês tenham que juntar a fome c/ a vontade de comer, mas segure a onda mais um pouquinho. Tudo bem, neste caso, abrir mão do futebol, mas lembre da cerveja gelada!

Retire o galetinho do forno, jogue numa travessa junto com as batatas e sirva acompanhado da salada. No chão em frente a TV.

m.