Posts Tagged ‘Costela’

h1

Costela de Cabrito

maio 1, 2008

Um dia testei a costela de cabrito num churrasco, dei um vacilo e queimei as pobrezinhas, tive um profundo arrependimento, pois o sabor tava show de bola, tinha temperado com Black Pepper (q eu num sei, mas acho q é um derivado da pimenta do reino, só q preta), páprica picante (vermelha) e suco de laranja;…Putz, se num fosse o queimado…

Mas mesmo assim as costelas ficaram boas, e daquele jeitinho q agente separa as costelinhas e vem aqueles palitinhos dos deuses, q acompanham qualquer birita q se preze. Qualquer dia desses vou repetir e caprichar no preparo.

Nesse domingo tava nessa intenção, mas quando cheguei no Extra, pra minha surpresa, não tinha nenhuma costela, diferente de outros dias q sempre passei e vi a estante cheia. Lá sempre tem, ao contrário dos outros supermercados, mas nesse domingo tinha, mas tava faltando…

Tatty, sacando minha decepção, achou no Bompreço e comprou, fiz hoje no almoço e ficou muito bom, inclusive com os nhoques de ricota q ele postou aqui naCozinha, vamos lá antes q me esqueça:

<!–[if !supportEmptyParas]–><!–[endif]–> Peguei a costela e deixei marinando de um dia pro outro em cominho, tomilho, uma cabeça de alho cortada grosseiramente e com casca, um pouco de vinagre de arroz e conhaque Domec.

No outro dia, esquentei a frigideira bastante praquela selada de praxe. Antes de ir pro fogo se quiser q fique com aquela cara de carré, tipo as garras de Wolverine, vc dá uma arranhada com a faca naquela membrana (cartilagem?) q fica envolvendo o osso, somente do lado do osso e da parte onde a costela é mais fina, daí qdo for pro forno à carne vai soltar todinha e se concentrar do outro lado.

Bom, esquentei a frigideira e selei as costelas do lado da gordura apenas, até quase queimar. Depois botei numa assadeira untada com a gordura pra cima e o osso pra baixo, mandei pro forno e marquei 30 min de fogo baixo, a costela é fina e com pouca carne, cuidado pra num secar de mais.

Enquanto isso, peguei a marinada e despejei na frigideira pra soltar a graxinha, coloquei uma potoca de margarina e metade de um tablete de caldo de cominho com outras paradas lá, qdo tava tudo ficando uniforme despejei suco de maracujá, acho q era uns 300 ml ou mais. Deixei reduzir um pouco e qdo faltavam 15 min pra costela sair do forno, banhei-a-a com esse caldo deixando dar uma fervida.

Ficou show, minha gente, e acompanhada do nhoque, o molho de maracujá e adjacências por cima. O bagúio ficou chique no úrtimo, visse…

Abraços, Berna

h1

Costela no Bafo

novembro 17, 2007

Fiz semana passada no domingão pra uma rapasiada lá na granja:Comprei uma costela no Extra e peguei das mais gordas.

Comprei também uma fôrma grande tipo quentinha de alumínio, papel aluminio, aquele plastico de colocar em churrasqueira e uma bisnaga de pasta de alho.

Pra preparar: passa o sal grosso nela tirando o excesso, dispõe a costela na fôrma e dá-lhe pasta de alho espalhando dos dois lados. Coloquei duas cebolas, uma pimenta inteira e uns dois copos de vinho tinto seco safado, véio e quase avinagrando.

Daí vem o detalhe principal, embala com 1, 2, 3, 4 voltas de papel aluminio, depois mais umas 3 camadas do plático poliester pra churrasco e depois mais 2 de aluminio pra vedar bem, deixa uma sobra pro pacote inflar. Coloquei na churrasqueira em cima de duas pedras paralelepipedos quase na brasa e deixei umas 4 hs e meia. Pra testar e ver se tá na hora de tirar, enfia uma faca no embrulho (com cuidado pra não se queimar com o bafo) e percebe a falta de consistencia da carne, toda já se soltando do osso.

Ficou show.

Atentar pro detalhe da fôrma, qdo aprendi essa receita fizemos com uma assadeira mas a quantidade de gordura q a carne solta e possíveis queimados colados impregna a assadeira a ponto de neguinho desistir da assadeira, enquanto a fôrma vc joga fora.

Fiz hoje de novo na granja e tava sem a fôrma, fiz o velho travesseiro com a base de bastante papel aluminio, mas a proximidade com a brasa rasgou um pouco o travesseiro e o caldo, q da outra vez ficou show, foi todo embora, mas a carne ficou massa e coloquei mais cebolas dessa vez, pois elas ficaram uma delícia na primeira.

Nota importante: Fui na MasterBoi, na BR, próxima à Dois Irmãos, comprar essa costela, dei um vacilo e saí de lá com 14 Kg de costela, quase meio boi, digaí… Pensei imediatamente no terraço de Bolo e Sandra (galera, num tem fumaça impregnante nem barrufo de churrasco, GARANTO…), se não? Quem se habilita?

Abraços, Berna