Archive for abril \29\UTC 2011

h1

Uma Bossa no Café da Manhã

abril 29, 2011

Quer preparar um café da manhã especial para alguém especial? Começe com esta sopa gelada e refrescante. É fácil e fica uma de-lí-cia!

Para duas pessoas, coloque um mamão médio maduro no liquidificador. Acrescente suco de laranja, eu usei já pronto, aquele dos gominhos. Um copo mais ou menos. Na verdade vai depender do mamão, se estiver bem maduro, precisa de  menos suco. O importante é ficar com a consistência de uma sopa grossa. Coloca o suco aos poucos e vai testando.

Divida o conteúdo do liquidificador em dois pratos de sopa, e coloque uma bola de sorvete de creme generosa em cada um. E tá pronto. O verdinho em cima do sorvete é Endro, ou Dill. Foi pra fazer uma bossa na foto. Ficou bom, mas não é nescessário.

Por mim, eu comeria uns quatro pratos, mas aí o romantismo vai pras cucuias. É muuuuuito bom também pra uma ressaquinha… E crianças devem gostar bastante. Com ou sem ressaca.

Bom apetite!

Ceó Pontual.

h1

SALMÃO CURADO À DINAMARQUESA COM MOLHO DE PEPINO E IOGURTE

abril 6, 2011

Este slideshow necessita de JavaScript.

Quem me ensinou essa receita foi o meu amigo Simon Lau Cederholm. Formado em arquitetura, apaixonou-se pelo Brasil em uma viagem de bicicleta do Amapá até o sul do país. Mudou-se para o Brasil há 25 anos, instalando-se em Brasília, onde foi cônsul da Dinamarca. O que, inicialmente, era um hobby, acabou virando profissão. E o Simão virou chef de cuisine, tendo estagiado no famoso Noma, de Copenhagem – recém-eleito o melhor do mundo pelo Guia Michelin.

Gostamos muito de nos reunir com os amigos num domingão, à beira da piscina, na belíssima casa que Simon e Luis Otávio construíram à margem da orla norte do lago Paranoá. Vejam o site do restaurante deles Aquavit (www.restauranteaquavit.com). Como é servido frio, é perfeito para uma refeição ao ar livre, beira mar, rio ou piscina.

Ingredientes: Obs.: para servir como prato principal, serve de 4 a 6 pessoas; para servir como entrada, serve até 8.

Salmão:

 Uma peça de filé de salmão, de preferência sem a pele, pesando de 700g a 900g;

½ kg de sal fino;

½ kg de açúcar cristal;

Para o molho:

1 pepino médio descascado e sem as sementes;

1 iogurte natural;

4 colheres de sopa de folhas de Dill fresco picadinho (no caso de não encontrar, sugiro substituir por hortelã picadinha);

4 colheres de sopa de cebolinho verde picado;

 1 colher de chá de sal fino;

1 colher de chá de açúcar;

1 colher de sopa de gengibre descascado e ralado;

1 pitada de pimenta do reino;

Preparo Salmão:

Se a peça tiver pele, retire-a com muito cuidado para não prejudicar a textura da carne;

Passe o dedo ao longo da peça. Se sentir que sobrou alguma espinha, retire-as, uma a uma, com uma pinça;

Misture bem o sal e o açúcar. Coloque metade dessa mistura em um pirex ou assadeira retangular;

Deite o filé de salmão sobre a mistura, depois cubra bem com o restante do sal e do açúcar e cubra com filme plástico. Leve à geladeira por, pelo menos, 12 horas;

Retire da geladeira, remova o peixe da mistura sal/açúcar e lave-o em água corrente para retirar o excesso;

Leve-o de volta à geladeira, descoberto, por mais meia hora para que ele fique mais firme na hora de fatiar;

Use uma faca boa, bem afiada e longa, para tirar fatias bem finas. Não comprima o peixe com a faca. Deslize-a delicadamente, bem horizontalmente, no sentido transversal do peixe e arrume as fatias em uma bandeja (melhor que não seja de metal) e sirva com o molho à parte. Desfie umas folhas de Dill fresco e salpique por cima do salmão. Guarneça com uns gomos de limão.

Molho:

Rale o pepino, espremendo um pouco para tirar o excesso de umidade; 

 Misture o pepino com o iogurte, o gengibre ralado, o sal, o açúcar, o dill, a cebolinha e a pimenta;

Bata bem até uniformizar;

Leve ao freezer por uns 15 minutos para ficar bem geladinho;

Você pode fazer o molho no liquidificador para ficar mais fácil. Nesse caso, misture as folhas (dill e cebolinho) somente depois.

Obs.: é possível servi-lo com outros molhos, a seu critério: manteiga com alcaparras, mostarda, etc.. Na Dinamarca, serve-se com creme de leite fresco.

Para acompanhar, sugiro: um espumante brüt bem geladinho ou um Aquavit (aguardente dinamarquês) também geladinho.

Sköl!

Chico